Notícia

Na atual crise não existem “os bons e os maus alunos”

07/05/2020
Partilhar

"O modelo de gestão de uma das maiores sociedades de advogados do País, a PLMJ, passou a contar com dois líderes. Luís Pais Antunes mantém-se no cargo e conta agora com a companhia do sócio Bruno Ferreira.

Em entrevista ao Negócios explicam as razões da mudança e falam sobre a crise sanitária que se transformou num grave problema económico de âmbito mundial. Sobre o Governo português admitem que está a responder à crise, mas adianta que há ainda muito por fazer. Já quanto à União Europeia sustentam que tem pela frente uma prova de força “para mostrar a sua relevância e razão de ser".

A resposta que a União Europeia está a dar a esta crise será a adequada?

LPA - Se compararmos com a crise que tivemos no início da década anterior, podemos dizer que a Europa aprendeu com os custos da indecisão de outras crises. Mas não chega. E num momento em que a crise é mundial, já não existem os argumentos dos bons e maus alunos e, por isso, esta é a prova de força que a União Europeia tem de fazer para mostrar a sua relevância e razão de ser. E não haja dúvidas. O mundo com União Europeia é melhor. Portugal integrado numa União é mais rico.

Que advocacia vai sair desta crise?

BF - A advocacia vai sair desta crise transformada. Existiam já diversos fatores que deixavam antever uma mudança significativa no setor e que agora vão sofrer uma aceleração: pressão para redução de custos por parte dos clientes, novas tecnologias que permitem inovações significativas, aumento da dimensão e sofisticação dos advogados de empresa, novos concorrentes e prestadores de serviços alternativos. Mas o setor da advocacia em Portugal está habituado a lidar com estes desafios e à mudança constante!"

Leia aqui a entrevista completa de Luís Pais Antunes e Bruno Ferreira ao Negócios.

Mantenha-se informado

Please note, your browser is out of date.
For a good browsing experience we recommend using the latest version of Chrome, Firefox, Safari, Opera or Internet Explorer.