Notícia

Fundação PLMJ: "A coleção de arte é camaleónica"

13/01/2020
Partilhar

A revista Advocatus realizou recentemente um artigo alargado sobre as coleções de arte corporativas das principais sociedades de advogados nacionais.

Patrícia Dias Mendes, Diretora da Fundação PLMJ, analisou à publicação a importância, não apenas, da integração no escritório de diversas obras de arte - de entre o espólio de mais de 1.300 obras que compõem a Fundação PLMJ - mas também sobre os efeitos dessa integração, afirmando que "desenvolve a criatividade dos recursos humanos e, logo, estimula e aumenta a produtividade".

Descreve a coleção de arte como "camaleónica" no sentido da sua regular mudança, quer no edifício sede e escritórios PLMJ, onde os advogados e colaboradores têm a possibilidade de escolher obras de arte para os seus respetivos gabinetes, mas também porque a Fundação PLMJ organiza anualmente diversas exposições em território nacional e internacional”, indica Patrícia Dias Mendes.

Leia a reportagem completa aqui.

 

 

Mantenha-se informado

Please note, your browser is out of date.
For a good browsing experience we recommend using the latest version of Chrome, Firefox, Safari, Opera or Internet Explorer.