Notícia

Fundação PLMJ patrocina mural "48 artistas, 48 anos de liberdade”

07/06/2022
Partilhar

"48 artistas, 48 anos de liberdade” é o nome da intervenção mural coletiva que vai nascer a 10 de junho de 2022 em Lisboa e que reinterpreta o Painel do Mercado do Povo, do Movimento Democrático dos Artistas Plásticos, criado a 10 de junho de 1974, em Belém. À época, 48 artistas assinalavam o fim de 48 anos de regime. Agora, 48 anos depois, nos jardins do maat, o novo mural assinala 48 anos de pós regime do Estado Novo. O mural terá 24 metros de comprimento e 3 metros de largura e conta com a participação de 48 artistas, alguns dos quais também estiveram envolvidos na criação do painel original e os restantes são artistas que se destacaram no panorama artístico nacional, ao longo dos 48 anos de democracia em Portugal. Esta iniciativa é organizada pelo maat, Iminente e Underdogs, e conta com o patrocínio da Fundação PLMJ.

A Fundação PLMJ orgulha-se de apoiar um projeto que reúne alguns dos maiores artistas plásticos portugueses e de língua portuguesa sob curadoria de nomes incontornáveis da arte nacional e que nasce para celebrar quase meio século de liberdade. Reeditar este mural, 48 anos depois, juntando talento tão diverso – parte dele representado na coleção da Fundação PLMJ – é uma iniciativa que deixará a sua marca na cidade”, Eduardo Nogueira Pinto, Presidente Executivo da Fundação PLMJ.

Com a curadoria de António Brito Guterres, Alexandre Farto, Carla Cardoso e João Pinharanda, “48 artistas, 48 anos de liberdade” é também reflexo da vontade de juntar artistas de várias disciplinas, origens e gerações para que desses momentos coletivos e de partilha nasça uma nova cidade, mais inclusiva e democrática.

A criação da peça "48 artistas, 48 anos de liberdade" vai acontecer ao longo do dia 10 de junho, entre as 10h e as 22h, no espaço exterior que envolve o Depósito de Nafta, e o público é convidado a assistir à intervenção. Esta iniciativa apoiada pela Fundação PLMJ, conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República e insere-se na programação das comemorações dos 50 anos do 25 de Abril e na programação das Festas de Lisboa.

Também haverá uma série de bancas de street food de várias comunidades da cidade de Lisboa e uma programação musical pensada pelo Festival Iminente, que junta diversas expressões de cultura urbana com atuações de breaking e breaking battles, e ainda concertos de Juana na Rap e PRÉTU Xullaji.

A entrada é gratuita, consultem o programa completo aqui.

Artistas envolvidos (dos quais 19 estão representados na Coleção da Fundação PLMJ):

Alice Geirinhas*, Ana Aragão, Ana Pérez-Quiroga*, Ana Vidigal*, Ângela Ferreira*, António Alves, Border Lovers (Pedro Amaral)*, Carlos No, Carlos Stock, David Evans, Diogo Carvalho, Dwelle, Emília Nadal, Eurico Gonçalves, Fernanda Fragateiro*, Fidel Évora, Filipa Bossuet, Francisco Vidal*, Gabriel Abrantes*, Guilherme Parente, Joana Vasconcelos*, José Aurélio, Kiluanji Kia Henda*, Manicómio, Manuel Botelho*, Manuel João Vieira*, Maria Imaginário, Mariana Duarte Santos, Mariana Gomes*, Moami31, Noah Zagalo, Obey SKTR, Onun Trigueiros, Pedro Cabrita Reis*, Pedro Portugal*, Petra Preta, Rappepa, Sara & André*, Sepher Awk, Sérgio Pombo*, Susana Gaudêncio*, Tamara Alves, Teresa Dias Coelho, Teresa Magalhães, Vhils, Xana*.

Programação:

João Pinharanda | Curadoria: António Brito Guterres, Alexandre Farto, Carla Cardoso, João Pinharanda

*Artistas representados na Coleção da Fundação PLMJ.

Mantenha-se informado

Please note, your browser is out of date.
For a good browsing experience we recommend using the latest version of Chrome, Firefox, Safari, Opera or Internet Explorer.