Notícia

Lay-off simplificado. Empresas com dívidas à Segurança Social ou Fisco vão poder recorrer

27/03/2020
Partilhar

Afinal, as empresas com dívidas à Segurança Social ou ao Fisco vão poder recorrer ao regime do lay-off simplificado, segundo confirmou à Renascença um advogado especialista em direito de trabalho.

A exigência de que não houvesse pagamentos em falta ao Estado constava da primeira portaria publicada pelo Governo para fazer ajudar as empresas a fazer face aos impactos económico da pandemia provocada pela Covid-19.

Mas o diploma que foi aprovado em Conselho de Ministros, na quinta-feira, deixou cair essa exigência.

“A única coisa que diz agora é que durante o período de atribuição, a empresa tem que cumprir com as suas obrigações contributivas e tributárias. Significa que apenas durante o período durante o qual está a beneficiar do apoio tem que ter esse cumprimento pontual não revelando as dívidas constituídas em momento anterior”, explicou à Renascença Nuno Ferreira Morgado, Sócio co-coordenador da área de Laboral da PLMJ.

Clique aqui para ler a entrevista completa.

Profissionais relacionados

Mantenha-se informado

Please note, your browser is out of date.
For a good browsing experience we recommend using the latest version of Chrome, Firefox, Safari, Opera or Internet Explorer.