Notícia

Luís Pais Antunes é o novo Managing Partner de PLMJ para os próximos três anos, tendo sido igualmente eleito um novo Conselho de Administração

20/07/2015
Partilhar

Luís Pais Antunes é o novo Managing Partner de PLMJ para os próximos três anos sucedendo, desta forma, a Manuel Santos Vítor que ocupava o cargo desde 2008. Em PLMJ há 18 anos, o Sócio da Área de Prática de Direito Regulatório foi eleito no passado dia 14 de julho em Assembleia-geral de Sócios, que elegeu igualmente um novo Conselho de Administração. Durante o seu mandato, Luís Pais Antunes irá focar-se na Internacionalização da firma e no desenvolvimento de parcerias internacionais.

Em PLMJ desde 1997, Luís Pais Antunes tem um vasto currículo na área jurídica, tendo assessorado importantes transações na área de Corporate, TMT, e de Direito Europeu e da Concorrência. Além da área jurídica, Luís Pais Antunes desempenhou igualmente um papel de relevo a nível governamental, enquanto Secretário de Estado do Trabalho no XV Governo Constitucional, Secretário de Estado Adjunto e do Trabalho do XVI Governo Constitucional, Deputado da Assembleia da República e Vice-presidente da respetiva Comissão de Assuntos Europeus entre 2005 e 2009.

Luís Pais Antunes encara “este desafio com enorme responsabilidade. Os próximos anos serão particularmente desafiantes, com o mercado da advocacia a registar importantes retomas e com uma concorrência cada vez mais dinâmica. Confio nas excelentes competências e qualidades da equipa de PLMJ e no enorme trabalho que temos vindo a fazer em Portugal e lá fora, rumo à consolidação nacional e afirmação internacional”.

“Conto com o apoio incondicional de todos os colaboradores PLMJ e PLMJ International Legal Network, na prossecução dos nossos objetivos para os próximo três anos, bem como com o continuado apoio dos nossos parceiros em Portugal e nas outras jurisdições. Queremos continuar a estar à altura da confiança que os nossos Clientes nos têm depositado”, acrescenta o novo Managing Partner de PLMJ.

Manuel Santos Vítor, que ocupou o cargo de Managing Partner de PLMJ desde 2008 até à data de hoje, continuará a exercer as suas funções de Sócio de PLMJ e líder da Equipa de Corporate, Energia e Recursos Naturais. 

A Assembleia Geral de Sócios elegeu igualmente um novo Conselho de Administração, constituído pelos Sócios Ricardo Oliveira, Paulo Farinha Alves, Tomás Pessanha, Nuno da Cunha Barnabé, Rita Alarcão Júdice e Eduardo Nogueira Pinto, num claro alinhamento com a estratégia que tem vindo a ser adotada de aposta numa nova geração de Sócios.

Apostar na internacionalização e parcerias internacionais, no desenvolvimento de negócio e na captação e retenção de talento, serão as principais linhas de atuação do plano de ação do novo Conselho de Administração, que inicia funções esta semana.

A PLMJ entra assim no segundo semestre de um ano de enormes desafios e também grande reconhecimento internacional. Em 2015, PLMJ recebeu os principais prémios da Advocacia entregues por entidades independentes e acreditadas pelo mercado, com destaque para as distinções de Melhor Sociedade de Advogados Ibérica (prémio atribuído pelo The Lawyer) e Melhor Sociedade de Advogados Portuguesa (pelo Who’s Who Legal).

A PLMJ é uma das principais sociedades de advogados portuguesa. Representa algumas das principais empresas a nível nacional e internacional e tem estado envolvida em importantes operações ao longo dos últimos anos. A sociedade, fundada em 1967 por António Maria Pereira e Luís Sáragga Leal, a quem se sucedeu, na década seguinte, a integração de Francisco de Oliveira Martins e José Miguel Júdice, conta atualmente com 49 Sócios e um total de 320 profissionais, entre advogados e outros colaboradores, em Portugal e nos 9 países nos quais se encontra presente: Angola, Moçambique, China, Brasil, Timor-Leste, Reino-Unido, Suíça, Alemanha, Itália.

Mantenha-se informado

Please note, your browser is out of date.
For a good browsing experience we recommend using the latest version of Chrome, Firefox, Safari, Opera or Internet Explorer.